Sexta-feira, 24 de Novembro de 2006

B! Pro Resumo fotográfico

Ruben e Patrícia levam tudo


Era a oitava etapa do nacional, com apenas cinco a contar para o resultado final. Havia quatro surfistas em contenção no nacional open, José Gregório, Ruben Gonzalez, David Raimundo e João Antunes. A vantagem, no entanto, estava com José Gregório e Ruben Gonzalez que não precisavam de contar com eliminações prematuras como os outros dois atletas.


Joana Rocha e Patrícia Lopes lutavam pelo título nacional, numa disputa que foi muito intensa o ano inteiro. Patrícia Lopes acabou por levar a melhor e confirmar mais uma vez que os seus 10 títulos, agora 11 não foram um acaso.


Ruben Gonzalez também acabou por ganhar o título, foi o melhor surfista da prova, no primeiro e no terceiro dia. A sua velocidade, essencialmente, destacou-o dos outros surfistas. Ruben ganhou o seu terceiro título consecutivo, e desta vez ficou mesmo marcado! É que cinco minutos depois da final ter começado, numa tentativa de aéreo, caiu, e a prancha segui-o na queda, acertando-lhe em cheio na testa, o que resultou em 15 pontos no hospital de Sines...


O primeiro dia viu a competição ir de São Torpes a L-point, onde as ondas estavam um pouco maiores. Nos três dias do campeonato nunca se conseguiu fazer um heat em São Torpes.


Fotos Ricardo Bravo – comentários Miguel Bordalo





José Gregório parecia muito relaxado no primeiro dia, mesmo em condições pequenas.







Ruben também esteve muito bem no primeiro heat em L-point.





O mar no segundo dia esteve pequeno demais, não houve campeonato. Nada melhor que ir andar um pouco de bicicleta! Fernando Bento





No terceiro dia Ruben Chegou à praia relaxado...





O mar estava assim… o paraíso?








Houve vários destaques durante o dia:


David Luís





Alexandre Grilo





Dapin parecia uma criança, não queria sair dentro de água nem por nada, passava heat atrás de heat só para poder estar lá novamente.





Paulo do Bairro





Miguel Ximenez que chegou a eliminar José Gregório





José Gregório ficou um pouco nervoso, escolheu mal as ondas e praticamente entregou o campeonato de bandeja a Ruben Gonzalez.





David Raimundo, sempre à procura de esquerdas, também acabou por perder para Paulo do Bairro.





Joana Rocha bem tentou, mas Patrícia Lopes é mais experiente e mostrou-o.





Patrícia a caminho do 11º!





Ruben esteve em grande, muita velocidade, manobras diferentes, acabou por derrotar Paulo do Bairro na semi-final e isso valeu-lhe os festejos de mais um campeonato nacional. Quantos mais Ruben?








João Antunes ainda tentou evitar a terceira vitória consecutiva de Ruben, mas estava fora das suas mãos.





Ruben festejou…






e festejou…






e acabou por ir festejar para o hospital. Aqui ajudado pela equipa de fisioterapeutas do campeonato nacional, o Physio Concept.





Quando regressou bem tentou disfarçar, mas nada feito…






João Antunes, com alta foto, aprecia a sua vitória na etapa.





Os dois campeões nacionais.





Para o ano há mais.


José Gregório a caminho da vitória na expression session, acompanhado por Nuno Silva.


publicado por Saposurf às 19:46
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 15 de Novembro de 2006

Pro júnior resumo fotográfico

Francisca Pereira dos Santos e Frederico Morais sagram-se campeões nacionais juniores




Foi uma luta muito diferente nos dois escalões do Pro Júnior. As regras ditam que em cinco etapas, apenas quatro contam para sagrar um campeão. Assim sendo, a Francisca Pereira dos Santos bastava-lhe praticamente aparecer e tinha o título garantido, ainda assim quis ganha e neste momento, no Pro Júnior o que Francisca quer Francisca tem! Já no escalão masculino foi diferente, à entrada para a etapa de Sines eram quatro os candidatos ao título, e tudo teria de ser decidido bem para o fim da competição.




Os irmãos Guichard foram os primeiros a cair, ainda assim Luca, no final do ano, foi o único surfista no circuito capaz de ter ganho duas etapas. Depois disso Miguel Ximenez o melhor surfista em prova, e Frederico Morais, ficaram a competir até à final, eram os dois únicos surfistas com hipóteses de ganhar o campeonato. Frederico Morais vinha a melhorar de de heat para heat, acabando por fazer uma grande final e sair do Alentejo com os dois títulos arrecadados, o da etapa e o título de campeão nacional Pro Júnior.




Segue o resumo fotográfico – fotos Ricardo Bravo, comentários Miguel Bordalo:




Pedro Pinto teve sempre boas prestações no Pro Júnior, em Sines não foi excepção.






Vasco Ribeiro tem doze anos, já faz algumas provas do nacional e é uma verdadeira dor de cabeça aos seus adversários, é só ver a sequência.










Miguel Ximenez foi o surfista preferido de muita gente nesta prova, forte, com um surf crítico e a arriscar nas manobras. Este aéreo é prova disso. Novamente em sequência.




















Na prova feminina quem esteve em destaque foi Filipa Prudêncio, a cada prova que passa esta rapariga está melhor. A evolução é impressionante.








Francisca Santos está noutro universo, e infelizmente parece competir consigo própria, precisa de mais adversárias. As suas vitórias este ano não sofrem qualquer contestação.






A Expression Session foi uma verdadeira despedida feliz! Palhaçada? Não! Divertimento genuíno! Foi um espectáculo dentro do espectáculo. A procura do melhor “ollie” foi um acessório, muito música e muita gargalhada.












Todos os olhos na final...






Uma final muito disputada! A luta era entre Miguel Ximenez e Frederico Morais, mas Ivo Cação intrometeu-se, e por momentos parecia um dos favoritos a ganhar a etapa em Sines.














Uma imagem que poderá muito bem antecipar o futuro do surf nacional...

publicado por Saposurf às 20:48
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Terça-feira, 7 de Novembro de 2006

Cansaço?



É curioso, por mais cansado que esteja, mesmo que o meu corpo me implore por ficar a descansar em casa, se tiver um dia de descanso e o surf estiver bom, nem penso duas vezes, o mais cedo possível estou na água... Claro que isso não implica que eu não esteja preparado para descansar muito depois do surf, aliás, descanço muito melhor depois de apanhar umas ondas.




Miguel Bordalo
publicado por Saposurf às 18:14
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

PESQUISAR

 

POSTS RECENTES

TOP 10 HISTÓRIAS DE 2007 ...

O Havai

Centros de Alto Rendiment...

O Cristiano Ronaldo do Su...

SACA TUDO NO WCT

A nova geração

Vem aí o mundial

Mais 20 por favor

Chegaram?

O Tubo

ARQUIVOS

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Março 2006

Agosto 2005

Maio 2005

blogs SAPO

subscrever feeds