Quinta-feira, 2 de Novembro de 2006

Hurley Pro – resumo fotográfico

Quem esteve em alta? - fotos Cédric Grueau comentários Miguel Bordalo.




O Campeonato Nacional foi novamente abençoado por boas ondas e alguns surfistas não se fizeram rogados – desfizeram as ondas todas!




Os primeiros rounds costumam ser de destaque para alguns surfistas que nas últimas fases quebram um pouco com a pressão. David Luís tem surf para ganhar tudo, mas por uma razão ou por outra acaba por ficar no round 4 ou nos quartos-de-final de homem a homem. Tem um surf no rail, tem linha e é explosivo ao mesmo tempo - David Luís é o perfeito freesurfer, mas nem tão perfeito em competição.



















David Raimundo teve outra boa participação, este ano vai para São Torpes com sérias hipóteses de se sagrar campeão. Desta feita perdeu para José Gregório, mas no ano passado, em São Torpes, a vitória foi sua.









Marcos Anastásio tem estado numa forma incrível, a idade? Qual idade?









João Antunes esteve um pouco apagado neste campeonato, mas ainda assim foi capaz de mostrar algumas manobras.









Fernando Bento foi, de longe, o melhor surfista em prova até ao último dia.









No escalão feminino Joana Rocha entrou a matar, e o seu primeiro heat foi um dos melhores que o open feminino alguma vez viu.









Foi Patrícia Lopes que eventualmente ganhou a prova.









Outro dos grandes destaques da prova foi Ruben Gonzalez - vejam a sequência do tubo


































Ruben apostou num surf muito técnico, a leitura de ondas foi impressionante, tubos, floaters e manobras muito bem colocadas num surf sempre cheio de velocidade. Infelizmente os juíses não quiseram pontuar muito este tipo de manobras, principalmente os tubos.









Rodrigo Herédia foi um dos destaques do campeonato, esta foi provavelmente a sua melhor prova este ano. A meia final contra Edgar Nozes foi sem dúvida o melhor heat de todo o campeonato nacional de surf 2006.









Para mais, é sempre bom ver um surfista sem patrocínios colados na prancha... é para quem pode. Rodrigo Herédia no primeiro dia em Carcavelos.









Edgar Nozes foi a grande surpresa do Hurley Pro, foi até à final derrotando na meia-final um Rodrigo Herédia que parecia imparável. O melhor heat da sua vida?









José Gregório sabe competir como ninguém neste país. Pressiona quando necessário, escolhe bem as ondas, sabe impressionar os juízes e tem uma paulada de front side que esmaga qualquer adversário!














Esteve o campeonato todo muito concentrado e na final ganhou com facilidade.









Tanta facilidade que o próprio Edgar entregou os pontos ao cometer uma interferência em switch foot. Um momento mais descontraído, para os dois atletas, depois de um bom dia de trabalho.









“Tempo” ainda para lançar a foto do momento mais dramático do campeonato, Pedro Soares encontrava-se em segundo lugar, quando, a quinze segundos do fim, num acto irreflectido dropina o atleta quarto classificado no heat João Guerra. Ficaram os dois de fora, ficou Aécio Flávio a rir-se, ou a agradecer o favor.




publicado por Saposurf às 20:07
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Joana a 3 de Novembro de 2006 às 10:05
Realmente a Joana Rocha entrou mm a matar! Foi pena nao ter mantido o mesmo nivel no dia a seguir.
Em São Torpes espero que ganhe, já é hora de ver uma cara nova no podium.
Quanto ao open, força Ruben!

Comentar post

Janeiro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

PESQUISAR

 

POSTS RECENTES

TOP 10 HISTÓRIAS DE 2007 ...

O Havai

Centros de Alto Rendiment...

O Cristiano Ronaldo do Su...

SACA TUDO NO WCT

A nova geração

Vem aí o mundial

Mais 20 por favor

Chegaram?

O Tubo

ARQUIVOS

Janeiro 2008

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Maio 2007

Fevereiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Março 2006

Agosto 2005

Maio 2005

blogs SAPO

subscrever feeds